quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Regressar à Fonte

Regressar à fonte.
Que são os dias que passam sem água fresca?
Da nascente.
Regressar à fonte.
Que a vida não é nada sem água cristalina
E a existência deixa de ter valor quando as águas turvas se quedam.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Só as pessoas corriam, naquela manhã

Só as pessoas corriam, naquela manhã;
O gato rebolava, humm... tão bom!
E cantando acordavam os pardais.
A colina, o sol suave, o nevoeiro.
E os ramos delicados a bailar...
bailar ao vento...

Só as pessoas correm pela manhã.


terça-feira, 26 de outubro de 2010

AQUELA FOLHA

Vi as vaquinhas,
Levemente abanando a cauda
A comer erva,
E questionei-me se não seria isso que eu procurava:
O ar tranquilo, o sol poente.

A folha caiu, 
Árvore sendo despida.
Não há olhos que o vejam, 
Mesmo assim, 
O Outono chegou.



segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Quando a vida...

Quando a vida dá muitas voltas
E nós, «pó», voamos com ela...